Buscar
  • Globalwe

Medidas extraordinárias e de carácter urgente - COVID-19, Despacho n.º 121/2020 – XXI do SEAF

26 de Março de 2020



Medidas extraordinárias e de carácter urgente de resposta à situação epidemiológica provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2 e pela doença COVID-19 – Despacho n.º 121/2020 – XXII do Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais


Atendendo à situação de emergência que vivemos e considerando a situação excepcional do momento actual, foi tornado público o Despacho n.º 121/2020 – XXII do Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, de 24 de Março de 2020 (em anexo), o qual, no contexto das medidas que têm sido aprovadas pelo Governo de resposta à situação epidemiológica actual, e em consequência de todos os constrangimentos associados à implementação da nova Declaração Mensal do Imposto do Selo (“DMIS”), determina que a mesma só será aplicada às operações e factos sujeitos a Imposto do Selo realizados a partir de 1 de Janeiro de 2021.

O Despacho em apreço determina ainda que as obrigações de liquidação e pagamento do Imposto do Selo relativas às operações verificadas em 2020 sejam cumpridas através do procedimento em vigor até 31 de Dezembro de 2019.

Nos termos do disposto no Despacho a liquidação e pagamento do Imposto do Selo referente aos meses de Janeiro, Fevereiro e Março de 2020 podem ser realizados até ao dia 20 de Abril de 2020, sem quaisquer penalidades ou acréscimos.

O Despacho agora tornado público revoga os Despachos n.º 5/2019 – XXI e n.º 14/2020 – XXII do Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.

Esperamos que esta informação seja útil, estando obviamente disponíveis para avaliar os possíveis impactos deste diploma.

0 visualização

21 727 2079

©2020 por Apoio empresas Coronavírus. Orgulhosamente criado com Wix.com